Materiais Elétricos: dicas e aplicações

Tanto a rede quanto os materiais elétricos estão entre os aspectos que merecem atenção e cuidado em qualquer tipo de imóvel. Confira algumas dicas em relação ao uso e aplicação de fios, tomadas e disjuntores.

fios-cabos-elétricosA escolha dos fios
Diversos equipamentos elétricos possuem descrição da bitola da fiação a ser usada, sendo que recomendação costuma ser 1,5mm para a iluminação em geral e 2,5mm para tomadas. Utilizar bitolas maiores do que as recomendadas reduz o risco de sobrecarga nas fiações.

Existem, ainda, padrões de cor a serem respeitados:

  • azul claro: condutores neutros
  • verde ou verde/amarelo: condutores terra
  • demais cores: podem ser usadas livremente

Novo padrão das tomadas
Em 2011 foi estabelecido um novo padrão para tomadas, que acabou com os 12 tipos de plugues e 8 tipos de tomadas até então em uso. Com a nova regra, existem  apenas dois tipos de plugues, com dois ou três pinos, e um único tipo de tomada, com três encaixes.

Com essa mudança, no plugue de três pinos, um dos pinos descarrega a carga elétrica caso ocorra um curto no fio terra. Já os plugues de dois pinos são preparados para que a descarga não seja conduzida ao usuário, sem a necessidade do pino terra.

Existem duas amperagens diferentes para os novos plugues, 10A e 20A, de acordo a potência dos aparelhos a serem usados.

O uso dos disjuntores
Um disjuntor serve basicamente para proteger a instalação elétrica de possíveis danos causados por sobrecargas elétricas e curto-circuitos. Ele age interrompendo a transferência de energia e impedindo danos, sendo assim, um material elétrico que deve ser escolhido com atenção.

Os disjuntores podem ser ligados e desligados manualmente através de seus interruptores, o que garante segurança quando é necessário fazer alguma modificação ou reparo na instalação elétrica.

You may also like...